domingo, 29 de novembro de 2009

Revelando o amor de Deus



De manhã, Senhor, ouves a minha voz; de manhã te apresento a minha oração e fico esperando. Salmo 5:3


Leitor cristão, permita que o grande propósito que constrangeu Paulo a seguir avante em face de sofrimento e dificuldade o leve a se consagrar completamente ao serviço de Deus. Tudo que lhe vier às mãos para fazer, faça conforme as suas forças. Que a sua oração diária seja: “Senhor, ajuda-me a fazer o meu melhor. Ensina-me como fazer um trabalho melhor. Ajuda-me a incluir em meu serviço o amorável ministério do Salvador.”

A responsabilidade de cada agente humano é medida pelos dons que lhe foram confiados. Todos devem ser obreiros; mas sobre o obreiro que teve maiores oportunidades e maior clareza mental na compreensão das Escrituras repousa a mais elevada responsabilidade. Todos os recebedores devem considerar a si mesmos responsáveis para com Deus e usar seus talentos para a glória de Deus.

O êxito na obra de Deus não é resultado de sorte, acaso, ou destino; é a realização da providência divina e a recompensa da fé e discrição, da virtude e do trabalho perseverante. [...]

“Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o Seu Filho unigênito, para que todo o que nEle crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (Jo 3:16). Este é o amor que constitui o cumprimento da lei. Toda pessoa cujo coração está cheio de compaixão pela humanidade caída, que ama com um propósito, revelará esse amor executando ações semelhantes às de Cristo. O verdadeiro cristianismo difunde amor através do ser todo. Toca em todas as partes vitais – cérebro, coração, mãos ajudadoras, pés – habilitando os homens a permanecer firmes onde Deus requer que estejam. A contemplação dAquele que nos amou e a Si mesmo Se deu por nós tornará a vida fragrante e dará poder para aperfeiçoar uma experiência cristã.

Nós podemos, nós podemos revelar a semelhança de nosso divino Senhor. Podemos conhecer a ciência da vida espiritual. Podemos glorificar a Deus em nosso corpo e nosso espírito, que são Seus. Cristo nos mostrou o que poderemos realizar através da cooperação com Ele. “Permanecei em Mim”, Ele diz, “e Eu permanecerei em vós” (Jo 15:4) (RH, 4/4/1912).


Autora: Ellen G. White


14/11


Um comentário:

  1. o amor de Deus e maravilhoso mesmo
    o blog esta uma bencao parabens
    Deus abencoe

    ResponderExcluir