segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Em Jesus a vitória é garantida



Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em Mim. No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; Eu venci o mundo. João 16:33

Cristo veio ao mundo como um penhor para a humanidade, preparando o caminho para que todos alcancem a vitória ao conceder-lhes poder moral. Não é Seu desejo que alguém seja colocado em desvantagem. Ele não deixaria os que estão se esforçando para vencer, assustados e desencorajados pelos astuciosos ataques da serpente. “Tende bom ânimo”, Ele diz, “Eu venci o mundo.”

Com este General a nos guiar para a vitória, podemos, de fato, ter alegria e coragem. Ele veio como nosso campeão. Ele tem conhecimento das batalhas que devem combater todos os que estão em inimizade contra Satanás. Ele apresenta diante de Seus seguidores um plano de batalha, salientando suas peculiaridades e severidade, e alertando-os a não se unirem ao Seu exército sem primeiro calcularem o custo. Ele lhes diz que a vasta confederação do mal está armada contra eles e lhes mostra que estão lutando com um mundo invisível, e que Seu exército não é composto meramente de seres humanos. Seus soldados são colaboradores com os agentes celestiais, e com Alguém mais elevado que a categoria dos anjos, pois o Espírito Santo, o representante de Cristo, está ali.

Então Cristo intima cada decidido seguidor, cada verdadeiro soldado, a lutar por Ele, assegurando-lhes que há libertação para todo aquele que obedecer às Suas ordens. Se os soldados de Cristo aguardarem fielmente as ordens de seu Comandante, o êxito os acompanhará em sua luta contra o inimigo. Não importa quanto sejam assediados, no fim serão triunfantes.

Suas fraquezas podem ser muitas, grandes os seus pecados, sua ignorância aparentemente irredutível; se, porém, reconhecerem sua fraqueza, e buscarem de Cristo o auxílio, Ele será sua eficiência. Ele está sempre pronto para aclarar a sua lentidão e [ajudá-los a] vencer sua pecaminosidade. Ao se valerem do Seu poder, seu caráter será transformado; serão envolvidos com uma atmosfera de luz e santidade. Através dos méritos de Cristo e do poder concedido, serão “mais que vencedores” (Rm 8:37). Ajuda sobrenatural lhes será dada, capacitando-os em suas fraquezas para fazerem as obras da onipotência. (ST, 27/5/1897).

Autora: Ellen G. White


16/11

Nenhum comentário:

Postar um comentário