sexta-feira, 6 de novembro de 2009

As leis da natureza e a saúde



Ninguém despreze a tua mocidade; pelo contrário, torna-te padrão dos fiéis, na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza. 1 Timóteo 4:12


Não há um em mil, casado ou solteiro, que compreenda a importância da pureza de hábitos, de preservar o asseio do corpo e a pureza de pensamento. Enfermidade e doença são conseqüência certa da desobediência às leis da natureza e da negligência das leis da vida e da saúde. É o lar onde vivemos que precisamos preservar, para a honra de Deus, Aquele que nos redimiu. Precisamos saber como preservar o mecanismo vivo, para que nossa mente, corpo e espírito possam ser consagrados ao Seu serviço.

Como seres racionais, somos deploravelmente ignorantes quanto ao corpo e suas exigências. Embora as escolas que estabelecemos ofereçam estudos em fisiologia, não têm assumido a questão com a decidida energia que deveriam. [...]

Apesar de toda luz que brilham das Escrituras sobre esse assunto; apesar das lições dadas na história de Daniel, Sadraque, Mesaque e Abede-Nego; apesar do resultado do regime alimentar simples e saudável, há pouca consideração pelas lições escritas por aqueles que foram inspirados por Deus. Os hábitos alimentares das pessoas são geralmente negligenciados. [...]

Vocês são propriedade do Senhor, Seus pela criação e Seus pela redenção. “Amarás ao teu próximo como a ti mesmo” (Rm 13:9). A lei do respeito a si próprio e à propriedade do Senhor é aqui apresentada. E isto levará a respeitar as obrigações a que cada ser humano está sujeito a fim de conservar o organismo vivo, que é tão tremenda e maravilhosamente feito. Esse maquinismo vivo deve ser compreendido. Cada parte desse maravilhoso mecanismo deve ser cuidadosamente estudada. A preservação da própria vida deve ser praticada. [...]

A transgressão da lei física é transgressão da lei de Deus. Nosso Criador é Jesus Cristo. Ele é o autor de nosso ser. Criou a estrutura humana. É o autor das leis físicas, assim como da lei moral. E o ser humano que se descuida, que negligencia os hábitos e práticas concernentes à sua saúde e vida física, peca contra Deus (KC, p. 45, 46).


Autora: Ellen G. White


Extraído de: http://www.cpb.com.br/htdocs/periodicos/medmat/2009/frmd2009.html

21/10


Nenhum comentário:

Postar um comentário