sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Simplicidade do plano da salvação



De fato, sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que Ele existe e que se torna galardoador dos que O buscam. Hebreus 11:6


Foi-me mostrado que muitas pessoas têm idéias confusas no tocante à conversão. Ouviram freqüentemente repetir do púlpito as palavras: “Vocês precisam nascer de novo.” “Precisam ter coração novo.” Essas expressões os desconcertaram. Não podiam compreender o plano da salvação.


Muitos tropeçaram para a ruína devido a doutrinas errôneas ensinadas por alguns pastores, no tocante à mudança que ocorre na conversão. Alguns têm curtido tristeza durante anos, esperando alguma notável evidência de haverem sido aceitos por Deus. Separaram-se do mundo, em grande medida, e encontram prazer em associar-se com o povo de Deus; não obstante não ousam professar a Cristo por temerem que seria presunção dizerem que são filhos de Deus. Estão esperando essa mudança característica que foram induzidos a crer que está relacionada com a conversão.


Depois de algum tempo, alguns destes têm a prova de sua aceitação da parte de Deus, e então são induzidos a identificar-se com Seu povo. Datam a sua conversão a partir desse momento. Foi-me mostrado, porém, que haviam sido aceitos na família de Deus antes desse tempo. Deus os aceitara quando se sentiram enfadados do pecado e, havendo perdido a satisfação pelos prazeres mundanos, decidiram buscar a Deus diligentemente. Mas, por não compreenderem a simplicidade do plano da salvação, perderam muitos privilégios e bênçãos que poderiam haver implorado se, quando pela primeira vez se voltaram para Deus, apenas houvessem crido que Ele os aceitara. [...]


A obra da graça no coração não se opera instantaneamente. Efetua-se por uma vigilância contínua e cotidiana e crendo nas promessas de Deus. A pessoa arrependida e crente, que nutre fé e ardentemente anela a graça renovadora de Cristo, não será por Deus despedida vazia. Ele lhe concederá graça. E os anjos ministradores a ajudarão enquanto perseverar nos esforços para avançar (Ev, p. 286, 287).



Autora: Ellen G. White




13/09



Nenhum comentário:

Postar um comentário