segunda-feira, 12 de outubro de 2009

O valor da mulher cristã


Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina. Continua nestes deveres; porque, fazendo assim, salvarás tanto a ti mesmo como aos teus ouvintes. 1 Timóteo 4:16


A obra que estão fazendo para ajudar nossas irmãs a sentirem sua responsabilidade individual para com Deus, é boa e necessária. Por muito tempo tem ela sido negligenciada. Quando, porém, essa obra for exposta em linhas claras, simples e definidas, podemos esperar que os deveres domésticos, em vez de serem negligenciados, serão cumpridos muito mais inteligentemente. O Senhor quer que insistamos sempre no valor da alma humana junto daqueles que não lhe compreendem o valor.


Caso nos seja possível arranjar as coisas de modo a termos grupos organizados regulares que sejam inteligentemente instruídos quanto à parte que devem desempenhar como servos do Mestre, nossas igrejas terão uma vida e vitalidade de que há muito necessitam.


A excelência da pessoa salva por Jesus será apreciada. Nossas irmãs têm geralmente muitos problemas com sua família em crescimento, e suas provações não apreciadas. Tenho almejado muito mulheres que se pudessem educar para ajudar nossas irmãs a se erguerem de seu abatimento, e sentirem que podem fazer uma obra para o Senhor. Isto é levar raios de luz à sua própria vida, raios que se refletirão no coração de outros. Deus os abençoará e a todos quantos se unirem com vocês nessa grande obra.


Muitas jovens, bem como irmãs de mais idade, mostram-se tímidas no que respeita a conversas religiosas. Não aproveitam as oportunidades. A Palavra de Deus deve constituir sua certeza, sua esperança e paz. Fecham as janelas da alma, as quais deveriam ser abertas em direção ao Céu, e abrem-nas de par em par para as coisas da Terra. Quando, porém, virem a excelência da alma humana, cerrarão essas janelas para a Terra, que mostra diversões e convívio mundano na estultícia e no pecado, e as abrirão para o Céu, à contemplação das coisas espirituais.


Então, poderão dizer: “Receberei a luz do Sol da Justiça, para que ela possa irradiar para outros.” Os mais bem-sucedidos obreiros são aqueles que empreendem de bom ânimo a obra de servir a Deus nas coisas pequenas. Toda criatura humana tem de trabalhar com o fio de sua vida, tecendo-o na trama, a fim de ajudar a concluir o modelo (RH, 9/5/1899).



Autora: Ellen G. White



16/09


Nenhum comentário:

Postar um comentário