domingo, 18 de outubro de 2009

A necessidade do Espírito Santo



Dispõe-te, resplandece, porque vem a tua luz, e a glória do Senhor nasce sobre ti. Porque eis que as trevas cobrem a Terra, e a escuridão, os povos; mas sobre ti aparece resplendente o Senhor, e a Sua glória se vê sobre ti. Isaías 60:1, 2


Nosso Redentor passou noites inteiras em oração a Seu Pai; e o fundamento da igreja cristã e da atividade missionária é lançado no próprio elemento da oração. Os discípulos estavam de comum acordo em um mesmo lugar, clamando ao Senhor para que o derramamento do Seu Santo Espírito lhes sobreviesse.


Embora o Espírito Santo seja dado ricamente por vários meios, quanto mais o buscamos tanto mais amplo será o derramamento. Assim sendo, quando se está fazendo trabalho sincero pela salvação de pessoas, haverá constante necessidade de renovada busca na Fonte de todo poder; e assim será estabelecida uma comunicação habitual entre a pessoa e Deus. Pela fé se extrairá constantemente da fonte de água viva e ela jamais se esgotará.


O trabalho é progressivo: envolve ação e reação. Amor e dedicação a Deus ativarão a boa vontade e esta fará aumentar a fé e a espiritualidade. Oh, como precisamos da sabedoria celestial! Bem, não é ela prometida a nós? “Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e nada lhes impropera; e ser-lhe-á concedida. Peça-a, porém, com fé, em nada duvidando; pois o que duvida é semelhante à onda do mar, impelida e agitada pelo vento. Não suponha esse homem que alcançará do Senhor alguma coisa.” [Tg 1:5] [...]


Devemos pessoalmente compreender a solene obrigação do cristão de colocar em atividade todos os recursos e habilidades que lhe foram divinamente confiadas para fazer a obra que o Senhor espera que faça, com o melhor que estiver em seu poder. [...]


Necessitamos de mais fé, capacidade mais santificada. Motivos elevados e enobrecedores estão diante de nós. Não temos tempo, nem palavras para gastar em controvérsia. [...] Há necessidade de energia santificada. Os exércitos do Céu estão em atividade, mas onde está o agente humano para cooperar com Deus? (TSA, p. 43, 44).


Autora: Ellen G. White



25/09


Nenhum comentário:

Postar um comentário