terça-feira, 6 de outubro de 2009

Este é o momento de trabalhar para Jesus



Conjuro-te, perante Deus e Cristo Jesus, que há de julgar vivos e mortos, pela Sua manifestação e pelo Seu reino: Prega a palavra, insta, quer seja oportuno, quer não, corrige, repreende, exorta com toda a longanimidade e doutrina. 2 Timóteo 4:1, 2


Que uso têm vocês feito do dom de Deus? Ele lhes disponibilizou a força motivadora para a ação, de modo que com paciência, esperança e vigilância incansável vocês possam apresentar a Cristo, o crucificado, apelando para que as pessoas se arrependam dos seus pecados, e fazendo soar a nota de advertência de que Cristo logo deverá vir com poder e grande glória.


Se os membros da igreja [...] não despertarem agora e não forem trabalhar em campos missionários, eles cairão em sonolência mortal. De que modo o Espírito Santo trabalhou em seu coração? [...] Não foram vocês inspirados a exercitar os talentos que Deus lhes deu, os quais todo homem, mulher e jovem deveria empregar para repartir a verdade para este tempo, fazendo esforços pessoais, entrando nas cidades onde a verdade nunca foi proclamada, e elevando o estandarte?


Não foram as suas energias aumentadas pelas bênçãos que Deus derramou profusamente sobre vocês? Não foi a verdade claramente gravada em seu coração? Não conseguem vocês ver mais claramente a sua importância para os que estão perecendo sem Cristo? Desde a manifesta revelação da bênção de Deus, estão vocês testemunhando em favor de Cristo mais distinta e decididamente que em qualquer ocasião anterior?


O Espírito Santo colocou em sua mente as importantes e vitais verdades para este tempo. Será correto embalar e esconder na terra esse conhecimento? Não, não. Deve ser colocado junto aos mercadores. Conforme o homem usa os seus talentos, embora pequenos, com fidelidade, o Espírito Santo toma as coisas de Deus e as apresenta como algo novo à mente. Por meio do Espírito, Deus faz de Sua Palavra um poder vivificador. É rápida e poderosa, exercendo uma forte influência sobre a mente, não por causa do conhecimento ou inteligência do agente humano, mas porque o Poder divino está atuando junto com o poder humano. E é ao poder divino que todo louvor deve ser dado (T8, p. 54, 55).



Autora: Ellen G. White




08/09


Nenhum comentário:

Postar um comentário