sexta-feira, 11 de setembro de 2009

O segredo do trabalho com a terra



As árvores do campo darão o seu fruto, e a Terra dará a sua novidade, e estarão seguras na sua terra; e saberão que Eu sou o Senhor, quando Eu quebrar as varas do seu jugo e as livrar das mãos dos que as escravizavam. Ezequiel 34:27


É necessário muito mais amplo conhecimento acerca da preparação do terreno. Não há suficiente largueza de visão no tocante ao que se pode obter da terra. Segue-se uma rotina estreita e invariável, com resultados desalentadores (FEC, p. 317).


Empregue-se a capacidade já educada a idear melhores métodos de trabalho. Isto é o que o Senhor deseja. [...]


É necessário inteligência e esmerada aptidão para idealizar os melhores métodos na agricultura, na construção ou em qualquer outro ramo, a fim de que o obreiro não trabalhe em vão. [...] O Deus que fez o mundo para benefício do homem proverá da terra recursos para sustentar o trabalhador diligente.


A semente lançada no solo devidamente preparado produzirá seu resultado. Deus pode preparar uma mesa para Seu povo no deserto. [...] Há muitas queixas acerca da improdutividade do solo; entretanto, se os homens lessem as Escrituras do Antigo Testamento, veriam que o Senhor conhece muito melhor do que eles o que se refere ao apropriado cultivo da terra. Depois de haver cultivado durante vários anos certas porções do terreno e de haver obtido seus tesouros, se deve conceder-lhes descanso. [...]


A terra tem seus tesouros escondidos, e o Senhor gostaria de ter trabalhando o solo milhares e dezenas de milhares que estão aglomerados nas cidades à espera de uma oportunidade para ganhar uma bagatela. [...] Deve-se fazer com que a terra dê sua força; mas, sem a bênção de Deus, ela nada poderia fazer.


No princípio, Deus contemplou tudo quanto fizera e disse que era muito bom. A Terra foi amaldiçoada em conseqüência do pecado. Mas será essa maldição multiplicada pelo aumento do pecado? A ignorância está realizando sua obra funesta. Servos indolentes estão aumentando o mal por meio de seus hábitos ociosos. [...] Mas nas profundezas da Terra há bênçãos ocultas para os que têm coragem, disposição e perseverança para ajuntar seus tesouros (FEC, p. 315, 316, 319, 323, 326).


Autora: Ellen G. White


Extraído de: http://www.cpb.com.br/htdocs/periodicos/medmat/2009/frmd2009.html


05/08

Nenhum comentário:

Postar um comentário