quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Viva amando



Andareis em todo o caminho que vos manda o Senhor, vosso Deus, para que vivais, e bem vos suceda, e prolongueis os dias na terra que haveis de possuir. Deuteronômio 5:33


Cristo é o caminho, a verdade, e a vida. Eu lhe peço que estude Sua vida. [...] Ele veio trazer o dom da vida eterna às pessoas perdidas. No sacrifício de Seu filho, o Pai revelou o quanto deseja que os pecadores sejam salvos. “Por isso, o Pai Me ama,” Cristo declarou “porque Eu dou a Minha vida” (Jo 10:17). O Pai nos ama com um amor que é debilmente compreendido.


É porque homens e mulheres carecem de um espírito de abnegação e sacrifício próprio que não compreendem o sacrifício feito pelo Céu ao dar Cristo ao mundo. Sua experiência religiosa está misturada com egoísmo e exaltação própria. Como podem tais [cristãos] professos ter algo além de uma escassa esperança de partilhar herança de Cristo? “Em verdade vos digo”, Ele disse aos Seus discípulos, “se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos Céus” (Mt 18:3).


Existem muitos que, ao mesmo tempo em que professam piedade, medem-se uns pelos outros e, como conseqüência, se tornam cada vez mais fracos na vida espiritual. O orgulho não é superado. Somente quando essas pessoas caírem sobre a Rocha e forem quebradas compreenderão suas necessidades. Oh, que confessem seus erros diante de Deus, e clamem pela presença do Espírito Santo em sua vida! Verdade e justiça fluirão ao coração daqueles que forem purificados do egoísmo e do pecado, e na vida daqueles em cujo coração a verdade ocupa o primeiro lugar. [...]


A maldade do mundo não está diminuindo. A cada ano o mal se torna mais dominante e é considerado com menor intensidade. Que as nossas reuniões sejam um momento oportuno para o exame do coração e a confissão. É privilégio desse povo que obteve tão grande bênção ser árvores de justiça, espalhando conforto e bênçãos. Todos devem ser pedras vivas, emitindo luz. Os que receberam perdão por seus pecados devem, com intenso propósito, guiar para os caminhos da justiça aqueles que estão no caminho do pecado. Compartilhando a abnegação e sacrifício próprio de Cristo, ensinarão homens e mulheres a abandonarem o egoísmo e o pecado, e a aceitarem em seu lugar os amoráveis atributos da natureza divina (RH, 22/7/1909).


Autora: Ellen G. White


25/07


2 comentários:

  1. Que texto excelente e cheio de amor, desde a foto até o lindo pensamento.
    Eu topo como se fosse contrato, porque contrato é para ser cumprido, nao é verdade??
    E o mundo está mesmo mal!!!!
    beijos e fica com Deus!

    ResponderExcluir
  2. Caro irmão, desejo-lhe bençãos do Pai celestial. Invito-lhe a participar no meu blog e deixe seus pontos de vista, pois sei que é téologo, agradeço que envie suas mensagens biblicas que as receberei com bastante prazer.
    Sua irmã em cristo.
    Persida

    ResponderExcluir