sábado, 7 de março de 2009

Uma Lei Para Todas as Épocas




Agora, pois, se diligentemente ouvirdes a Minha voz e guardardes a Minha aliança, então, sereis a Minha propriedade peculiar dentre todos os povos; porque toda a Terra é Minha; vós Me sereis reino de sacerdotes e nação santa. Êxodo 19:5, 6


Esta aliança [Êx 19:1-6] é uma revelação da bondade de Deus. O povo não tinha buscado isso. As pessoas não estavam estendendo as mãos em busca de Deus; mas Ele mesmo estendeu graciosamente Seu poderoso braço, convidando-as a unirem os braços ao dEle, para que pudesse ser a defesa deles. Voluntariamente, Ele escolheu como Sua herança uma nação que tinha vindo da escravidão egípcia, um povo que devia ser educado e ensinado a cada passo. Que expressão de onipotente bondade e amor! [...]

Repetidas vezes o Senhor permitiu que Seu povo fosse levado a dificuldades, para que, em seu livramento, pudesse revelar Sua misericórdia e bondade. Se agora escolheram não crer nEle, precisariam duvidar da evidência diante dos próprios olhos. Tinham recebido inconfundível prova de que Ele era um Deus vivo, “compassivo, clemente e longânimo e grande em misericórdia e fidelidade” (Êx 43:6). Ele tinha honrado Israel perante todas as hostes celestiais. Trouxe-os para Si mesmo – para uma aliança de relacionamento e comunhão com Ele.

Os filhos de Israel tinham passado três meses na jornada desde o Egito e estavam agora acampados diante do Monte Sinai onde, de forma tremenda e grandiosa, o Senhor declarou Sua lei. Ele não Se manifestou em grandes construções feitas por mãos humanas, estruturas de artifício humano. Revelou Sua glória em uma elevada montanha, um templo de Sua própria criação. O topo do Monte Sinai se elevava acima de todos os outros em uma cadeia de montanhas no deserto estéril. Deus escolheu essa montanha como o lugar onde Se faria conhecido ao Seu povo.

Ele Se mostrou a eles em tremenda grandiosidade, e falou em voz audível. Ali Se revelou ao Seu povo, como nunca fizera em qualquer outro tempo, mostrando assim a importância da lei para todas as épocas. Hoje Deus é específico em que guardemos os Seus mandamentos (MR1, p. 105, 106 por Ellen G. White). Extraído de:  http://www.cpb.com.br/htdocs/periodicos/medmat/2009/frmd2009.html



Nenhum comentário:

Postar um comentário